Janeiro - 11 - Sexta

Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios.
Romanos 5:6

ENCONTRANDO A VIDA QUANDO PROCURAVA PELA MORTE

  Meu pai morreu jovem, e minha mãe me abandonou quando eu tinha dois anos de idade. Então, eu fui colocado num orfanato. A educação estrita naquele local, sem nenhum sinal aparente de amor, contribuiu apenas para uma grande amargura e rebeldia dentro de mim.

  Quando completei dezoito anos e me tornei livre, eu podia então conduzir minha vida como desejasse. Isso queria dizer que eu podia experimentar o que desejava até as últimas consequências. O álcool, as drogas e o sexo foram me degradando mais e mais. Por fim eu me vi na prisão, e depois outra vez, nas ruas. Durante vinte anos minha vida foi apenas miséria e desespero.

  Então alguém me deu um Novo Testamento. Eu o li, mas não conseguia obter paz. Porém, os textos que falavam do amor de Deus deixaram uma impressão em minha memória. Eu tentei encontrar esse Deus em igrejas e em peregrinações, mas foi tudo em vão. Desapontado me afundei cada vez mais nas drogas e no álcool. Por fim não vi outra saída que não fosse a morte; eu tentei cometer o suicídio.

  Então veio o dia que nunca esquecerei, o dia quando tudo mudou. Enquanto eu estava pedindo esmolas pelo caminho, dois jovens se aproximaram de mim. Eles me falaram acerca de Jesus, o Salvador. Apenas Ele podia ajudar-me a abandonar meu estado de miséria. Este foi o início de uma vida completamente nova. Meu passado sombrio ainda estava diante dos meus olhos. Mas então, cheguei a conhecer o perdão de Deus e o perfeito amor em Jesus Cristo por meio de Sua Palavra. Desde aquele dia eu sei que Deus me ama, e Ele nunca cessou de me provar Seu amor. Fredéric.